02 July 2012

Esmaltices - Pq eu faço francesinha

Então que hoje eu estou usando um "estilo" unhístico que já foi sensação pra mim, mas que atualmente não tou nem podendo ver: unha francesinha.

Aviso aos meninos: hoje o post é mulherzinha. Se vc quer ver post unissex, sugiro que visite um dos blogs relacionados à direita do blog, e volte amanhã. Mas já alerto que, se preferir ficar e ler o post mulherzinha do dia, teremos mais um HOMEM no mundo, e um MACHÃO a menos. O que, pra mim, é superválido.

Enfim. Pra quem não é tão afeito(a) às artes unhísticas, nada melhor do que uma imagem pra mostrar o que são "unhas francesinhas":

Super originais
O mais engraçado é que, quando fui procurar essa imagem no Google, digitei apenas "francesinha" - e os 15 primeiros resultados foram de uma receita portuguesa, de nome "Francesinha do Porto"!!! Só pode ser sacanagem... Mas, voltemos às unhas.

Não é segredo pra ninguém que há uns 2 anos estou nessa mania de esmaltes. Tá, nesse vício. Tá, nessa loucura! Estou adorando poder usar esmaltes azuis, verdes, amarelos, pretos, flocados, holográficos, glitteres, cremosos, rosas... Descobrindo coisas novas, que antes eu NUNCA teria coragem de usar. Então que há 2 anos eu mesma faço as minhas unhas - e até já parei de assassinar minhas cutículas! Posso falar, com orgulho, que tenho lindas mãos e unhas bem-feitas TODOS OS DIAS DA SEMANA. Tenho orgulho de dizer que, hoje em dia, passo vermelhos com a mesma destreza de uma manicure profissa.

Pois é. Mas o que me leva a, uma vez ou outra, usar esse estilo "francesinha" de unha? Gente, vou abrir o jogo e assumir: PREGUIÇA. Sério. Às vezes, tou com preguiça de escolher cor pra usar nas unhas - tenho que considerar o tempo; a hora em que estou fazendo a unha; o dia da semana; se vai ter feriado ou não; se vai ter audiência ou não... Pq, acreditem em mim: advogada com unha feita, é lindo, até mesmo esperado. Advogada de unha feita, pintada de vermelho ou cores escuras, dá a impressão no cliente de que ela é A  F**@5TICA, e que todas as causas serão ganhas - ela convenceria todo mundo que o Cachoeira "filmava as negociações pq queria mostrar a verdade pro Brasil"! Advogada de unha feita, pintada de rosa ou com francesinha, passa a idéia de "sou séria, sou competente, pode confiar em mim".

Sim, minha mãozita, e fui trabalhar com as unhas assim!
Agora... advogada sem fazer a unha? PÉÉÉÉÉIIIIIMMMMM!!!!!! Advogada de unha feita, mas pintada de cores "diferentes" (amarelo, azul, verde, teal, preto, cinza)? PÉÉÉÉÉIIIIIMMMMM!!!!!! Sim, infelizmente, ninguém confia em advogadas que ousam nas cores das unhas. Por isso, muitas recorrem aos boring básicos branco-rosinha-vermelhão-café-francesinha.

Lóóóóóóóóóóóógico que ninguém deveria ter sua capacidade limitada e pré-julgada por questões tão banais quanto o trio cabelo-roupa-sapato; ou pela cor de esmalte usado; ou se usa brinco. Aliás, o meu sonho dourado ainda é poder ir trabalhar de calça jeans, sapato confortável e camiseta ou blusa, SE ME DER NA VENETA; ou de roupa social, SE ME DER NA VENETA. Mas, divago.

Só uso francesinha, galera, não pra passar imagem de competente, de confiável - se for assim, prefiro passar a imagem de advogada que chega no fórum com sanguenozóio e malícianoandar, que chega chegando e que todo mundo sai do caminho quando anda (ou seja, esmalte vermelhão-carnificina). Uso francesinha pq é a coisa MAIS FÁCIL de fazer! Juro que fico de cara quando vejo que, em salão de beleza, tem manicure que abusa no preço pra fazer algo que eu acho tão ridiculamente FÁCIL! Afinal, é uma das unhas que menos dá trabalho pra fazer - se eu faço e acho fácil, manicure que vive disso devia mais era não cobrar a mais por isso.

Claro que já usei francesinha e já curti muito isso. Achava o máximo sair por aí, desfilando as minhas unhas "ao natural". Era pelo gosto de fazer parecer que eu tinha algo nas mãos, mas não tinha, sabe... Hoje em dia, eu não curto mais isso. Se pinto as unhas de um esmalte de cor diferente, já saio correndo pra mostrar pra todo mundo e saber o que acharam - aliás, o Fá é a minha vítima favorita pra isso (coitado).

Já li por aí que tem homem curte francesinha pq "deixa parecendo unha de moça pura". Mas, gente, se é pra passar esmalte que deixa a unha "ao natural", pra que passar? Hein? Hein? Hein?

Resumindo: não gosto mais de francesinha - principalmente pq o que tem de atriz pornô usando só esse tipo de unha, só que no mesmo comprimento das garras de adamantium do Wolverine... #MãeTôComMedo. Só uso quando já passa da meia-noite, eu estou com MUITO sono, o esmalte vai demorar pra secar e eu tou com preguiça de ficar pintando e limpando cantinhos e colando adesivinhos e esperando o esmalte secar ad infinitum.


E julgar um profissional pela cor das suas unhas é tão idiota quanto julgar pela cor da sua pele. A diferença é que, no primeiro caso, o julgamento foi por uma área menor do corpo. Mas segue o mesmo padrão.

Licencinha, vou ali ver mais esmaltes divosos e volto já.

3 comments:

Sandra said...

Eu também faço as minhas unhas, mas ao contrário de você, ainda não tive coragem de me aventurar pelos azuis, verdes, amarelos... fico nos branquinhos, vermelhos, vinhos, lilazes, rs...
Mas ó, advogada de esmalte amarelo eu não confio não...rs...

Fulana said...

hehehehe eu sou a louca dos esmaltes tambem! tenho mais de 100 vidros em casa, e faço a unha no salao!
mas nao tiro mais a cuticula - uso aqueles cremes especificos, a cera da granado, a caneta da oceane ou a bisnaguinha da avon, é uma questão de costume e como eu quero todas as partes do meu corpo protegidas de infecções, sou feliz assim e nem dá para notar!

Natália said...

Aaaah, eu SÓ SEI fazer francesinha. Acho lindo, na mão dos outros, cores mais escuras, tipo vermelho, café, vinho, cinza.. mas.. em mim, acho que não combina em naaada..

Aí, desde os 11 anos, só francesinha. Rs..