16 April 2012

Pra Assistir Fazendo as Unhas - RuPaul's Drag's Race

Então que eu nasci com uma diva interior, uma drag interior... E acho que é por isso que adoro assistir RuPaul's Drag's Race, transmitido pelo canal a cabo VH1.


Cara, pra quem não tem preguiça de treinar o ouvido pro inglês, é simplesmente PERFEITO pra assistir fazendo as unhas! Really! Eu amo todo aquele micro-micro-universo drag do programa! Basicamente, eles colocam várias drags em um mesmo local, convivendo, para que uma - e apenas UMA - seja a próxima Drag SuperStar from America (Estados Unidos, né, gentem?!).

Eles não focam muito no convívio diário, aquela coisa BigBrothiana de saber quem acordou descabelada, sem maquiagem, sem escovar dente. Nããããããão! Embora a gente assista às queens totalmente desmontadas, o programa foca principalmente em um mini-challenge e em uma "missão" que elas precisam cumprir: fazer um figurino, de acordo com as diretrizes passadas por RuPaul, e... desfilarem, divosérrimas/divosérrimos, esses visuais. As duas piores da semana, na opinião dos jurados e de RuPaul, precisam partir pro tudo ou nada: é a hora em que RuPaul determina "You have to Lipsynch for your life". Ru fala isso de uma forma tão forte, que vc sente que, realmente, será PELA VIDA DAS QUEENS que elas irão dublar.

O que mais me chama a atenção é que, se vc começa a acompanhar o programa, sem pretensão e despido de qualquer preconceito, estilo just for entertainement only, em pouquíssimo tempo, está torcendo por alguma das queens. Porque, gente, comigo foi assim. Fico com inveja totaaaaaaaaal daqueles HOMENS (sim, são homens) que se maquiam tão bem; que dançam tão bem; que exibem seus corpos tão bem e que se vestem de mulhere tão bem! Muuuuuuuito melhor do que eu!

Duas queens pelas quais eu torci avidamente participaram da 2a. temporada: Tatianna e Raven. Tatianna tem menos de 25 anos, é LEEEEENDA, parece uma Barbie! E é cheia de passar rasteira em quem não gosta, quando tem a oportunidade. Vc consegue imaginá-la virando a cabeça, mãozinha desmunhecada e falando "bitch", com vozinha de adolescente criada a leite B. Cara, ela como Britney Spears é MELHOR do que a própria! Imagine Britney nos seus melhores dias. Agora, imaginem a versão gay dela. Imaginou? Bem, Tatianna é a versão gay, só que com muito, muito, muito mais glamour e menos dinheiro, claro.

É a mesma pessoa nessa foto!
A Raven é aquela queen que tem a língua ferina, a agressividade que eu sempre associo a drags de personalidade, e, gente... Te contar, viu? Vestido de homem, Raven é aquele underground encrenqueiro que um dia eu quis pra mim. Raven se colocou no look drag... Eu juro pra vcs, se passasse na rua, ia pensar dele a mesma coisa que a Lu pensou do Boy George!

Sim, é "o" e "a" Raven!
Fala sério, meus amigos! Pena que as 2 queens para quem eu torci, não ganharam. Ontem, comecei a assistir à 3a. temporada (acho que estamos 2 temporadas atrasados em relação aos EUA, mas tudo bem); e ainda não decidi quem vai ser minha queen favorita. Seja qual for, sinto muito, babe, mas vc vai perder. Tou sendo azarada até pra escolher pra quem torcer em programa de TV.

Falando em programa de TV... e o Rodrigo Faro, hein? E o "Dança Gatinho", hein?


5 comments:

Di said...

Inveja das drags que conseguem se produzir de um jeito que nem se eu fizesse 1 zilhao de cursos de automaquiagem conseguiria...

Geíza Bolognani said...

Caraca, mulher! Da onde vc desenterrou esse programa... vou procurar, sou super fã das drags.
Quando morava no Rio adora ir ver elas no point de copacabana.
São divas!!!

Geíza Bolognani said...

Triste... não tem esse canal na minta tv, zódio da sky!!!
Agora eu quero ver o programa das drags... Gazzy, a culpa é sua!
Nem sabia que o Ru Paul ainda existia, rs.

Luana said...

Nunca tinha ouvido falar nesse treco ai! PRECISO ver!!!! hahaha

Geíza Bolognani said...

Tem sim, tem sim!!! Liguei no 84, está passando agora... kkkkkkkkkkkk, é o máximo. Ru Paul rocks!