01 March 2012

Gaydar para Vampiros

Então que, como eu já falei ontem, meu gaydar (adorei o termo, Cambaxirra) tem um sério problema para diagnosticar, reconhecer e assumir alguns gays na vida.

Depois do post fatídico onde eu perco totalmente a moral com os leitores assumo que tinha problemas para identificar gays do mundo da música, voltei a conversar com a Lu. Sobre o que foi o comentário? A crise na Grécia; as eleições americanas e como isso refletiria na microeconomia acreana; que o novo Ministro da Pesca não sabe colocar minhoca no anzol pior que isso é sério, mas o que vai render de piada...;a vitória do Santos sobre o Guarani; o último paredão do BBB; como o programa Cante Se Puder está se firmando no horário em que a Globo passa jogo de futebol?

Nãããããããão, meus caros leitores (e da Lu, também). Conversávamos sobre o filme "Drácula", de Bram Stocker. Aquele, onde os vampiros são maus, machos e honram as presas que têm na boca.

Sim, a capa é pra ser assustadora!

Bom, fato é que, enquanto concordávamos sobre o quanto Johnny Depp é lindo...


Em "O Bravo"
E em quais filmes ele estava mais sexy...

Pra ninguém brigar - ou ter dúvidas

O negócio descambou e a gente começou a rir um monte (lembrem: ela está na Bélgica, e eu, em Curitiba/PR - Brasil), sobre nossos posts intimamente interligados; sobre gaydares; sobre as escolhas bizarras para amores platônicos na adolescência... Se ontem a conversa tinha sido bizarra, podem imaginar o que foi hoje?


Começamos a rir pensando em como o Drácula do início do filme é... GAY! Como diria Paulo Silvino, "isso é uma bichona, doutor!". Hahahahahahahhahahahaha. Não tinha como não achar que aquele cabelão à la Lady Gaga não dava um arzinho muuuuuuuuuuito gay pra ele. Uma tia velha. Uma drag aposentada e falida... Daquelas drags que não têm dinheiro nem pra purpurina, nem pro glitter, nem pro gloss - mas que continuam com força na peruca!!! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

J.U.R.O para vcs que eu realmente achava que ele era apeixonado pelo Keanu Reeves, durante o filme. Essa fotchenha aí comprova o que eu digo: não parece que o Draculouca diz "vem cá, meu tesourinho cheio de sangue quentinho e gostoso?"; enquanto o Keanu vira e fala "qualé, tá me estranhando, meu tio? Quer dizer, minha tia?"?! Aquela cena do Draculouca lambendo a navalha que tem o sangue do Keanu... longe de ser sexy, me deixou com a sensação de que "esse Batman é Robin!", hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha!

Claro que depois ele fica sexy, ultra-moderno (pra época, claro), todo cheio de charme um desejo enorme de revolucionar, cheio de charme, um desejo enorme de se aventurar... Vai conquistando a Winona Rider, ficando sexy... Cara, ISSO SIM é vampiro! Vampiro que honra as presas! Vampiro que é macho, mau, chupa o sangue das pessoas e mostra a que veio! Vampirizar todo o mundo, para que todos sejam vampiros e maus e machos como ele!!! E ele é tão macho, tão vampiro, tão sexy, que nessa hora, eu comecei a torcer pra ele ficar com a personagem da Winona. Claro que, como sempre, o bem vence o mal e é claro que o Keanu se liberta e salva a Winona, me decepcionando um pouco. Mas que esse vampiro, Fá Style, é tudibão, isso é... Tomara que o Fá não use esse tipo de roupa. Nunca. Pq senão, não poderei responder por mim.

Mas, no começo do filme, gente, ele é a tia velha do tal do vampigay do Crepúsculo! Edward Cullen é descendente direto da linhagem do Drácula gay do começo do filme! Quem inventou esse personagem, com certeza, se inspirou no estilo drag do início do filme! Se apaixonou pelo vampirão que vira sexy durante o filme... Só que só viu, sei lá, a primeira meia hora do filme, ficou com medinho, e achou que seria uma boa usar o estilo drag-aposentada-e-falida em um filminho pra teenagers. O que fez? JOGOU PURPURINA NO VAMPIRINHO, e desmereceu toda uma classe vampírica...

Qual foi o orçamento pra tanto glitter, Meu Deus?
Querem mais uma prova de que o vampigay acima foi inspirado no momento tia-velha do Drácula no início do filme?

Cê Jura que não acha isso MUUUUUITO GAY?

4 comments:

Luana said...

GAYYYYYYYYYYYYYYY e FEIOOOOOOOOOOOOO!!!
E o Lobisomem bombado também!!!

Me revolto!! Me revolto!!!

Gary Oldman, casa comigo vestido de Drácula (novo) com cartola!

hahahaha

Gente... Meu JD preferido sempre sera o Edward mãos de tesoura, ponto!

muito hormônio feminino rolando solto nesses posts, ne?

Neanderthal said...

Cara, eu nem acho o vampiro do começo do filme como uma tia velha. Mas foi engraçado ler as suas interpretações e associações da história. haushaushasuahsuas
Peguei carona. To rindo pacas!

Geíza Bolognani said...

Nãooooooooooooooooo!
Faz isso com euz não!
Meu gaydar tem problemas então, buá...
Puxa vida, depois dessa acabou minha esperança de encontrar vampiro macho e matador.
Vc tem toda razão, the Drácula também purpurinava. Era avó do Edward Cullen, aposto. Cadê o dna pra modi a genti tirar dúvida? Exijo teste de dna vampiresco now!

Quanto ao Deep... love JD, deeeeeeeeeeeep freak too. Só que prefiro ele no estilo pirataço do caribe. Ai, meus sais...

Cambaxirra said...

Hahahahaha! E não é que Gary estava muito numa vibe "tia drag queen" mesmo??? Ainda bem que depois ele ficou lindo!
Agora, gente, vampiro TUDIBÃO para mim é o Gerard Butler em Dracula 2000 (não sei se alguém assistiu, eu sou vampirólatra, vejo tudo!)
Aquilo sim, eu não me importaria nem um pouco que mordesse meu pescocinho, ui.