08 May 2012

Birra dos Nutris.

Então que eu tenho uma certa... birra, pé atrás, bronca, chamedoquequiser, com nutricionista. Quando vejo no Fantástico eles virando pra uma criança, criada na base do McDonald's todo final de semana, pra trocarem o combo sanduíche-batata frita-refri por "uma salada, um suco", fico de cara. Acho que quase beira à maldade, quando a sugestão de troca é acrescentada de um "vc vai ver que é tão gostoso quanto o Mc Lanche Feliz, só que mais saudável". Mas enfim. Eu sou advogada e não nutricionista, né? Então, não vou falar do que eu NÃO SEI.
Pensa numa alimentação balanceada, a caminho.

O que eu SEI é que, se tem uma coisa mega difícil de fazer, é seguir aquelas orientações quase mágicas, que eles passam. Adaptar todo o seu cardápio diário, com os horários loucos que a vida nos dá, às vezes, é impossível.


Queria ver, mesmo, o pessoal do Fantástico ou do Domingo Espetacular fazer uma matéria, com um desafio: mandar um nutricionista montar um cardápio balanceado, que possa ser comido todos os dias, tendo por base os produtos oferecidos em praça de alimentação de shopping. Peraí, mas não é SÓ isso, né?


Pensa bem: por um bom tempo, eu realmente PRECISEI almoçar, exclusivamente, em shopping. Era o lugar mais limpo que tinha perto do trabalho, com preços acessíveis e comida de sabor razoável, onde eu podia almoçar, que permitia que eu não me atrasasse para retornar ao silviço. Minha mãe acha que era pq eu gostava de almoçar em shopping; mas, xuxuzada, uma hora isso cansa.

O detalhe é que eu nunca vi, nessas reportagens sobre alimentação saudável, levarem um nutricionista em praça de alimentação do shopping, no meio da semana, na hora em que o povo começa a chegar na praça de alimentação. Tá. Vou parar de fazer suspense e falar de uma vez: eu queria ver, em uma reportagem, um nutricionista chegando em praça de alimentação de shopping, lá por meio dia e quinze; com um orçamento de R$ 8,50 a R$ 12,00 (que é a média de um vale refeição diário); em dia de semana. Sugiro os shoppings Curitiba e Mueller, aqui em Curitiba óbvio, né, olha o nome do shopping!, que são shoppings em que vão MUITOS estudantes, pra almoçar.

O meu desafio é o seguinte: o nutricionista, sem ajuda da produção, solito, deverá, no exato período de almoço de uma pessoa normal (de uma hora a uma hora e meia), ir até o shopping de um local pré-determinado; escolher um restaurante/lanchonete, fazer o pedido mais balanceado, pagar (não pode inteirar com dinheiro próprio), escolher uma mesa, almoçar CALMAMENTE, MASTIGANDO VÁRIAS VEZES E DEVAGAR que é como eles sempre recomendam nas reportagens, sair, levar sua bandeja até o local apropriado, sair do shopping e chegar ao "local de trabalho" pré-determinado. Aliás, não deve ser pré-determinado pela produção, não! Alguém DE FORA, que costuma almoçar no shopping, é que deve dizer onde será o "local de trabalho".

Eu tenho plena consciência que é possível, sim, comer em shopping de maneira balanceada e saudável hahahahahhaahhaha. A minha dúvida é se, em um horário de almoço NORMAL, a pessoa consegue fazer isso.Se me PROVAREM que isso é possível, aí, gentem... Eu repenso seriamente meus hábitos em praça de alimentação de shopping.

Pra mostrar que esse assunto acabou aqui
 Este post foi inspirado no blog da Fulana. Criem vergonha na cara e visitem o dela também!

Pra mostrar que esse assunto acabou aqui
E pra quem já ficou em dúvida: o Fá não me pediu em casamento em rede nacional ainda.
Maaaas, estou tentando a campanha "Fabiano, pelamordeDeus, pede a Grasi em casamento no Rodrigo Faro, pra ela parar de falar nisso!". Aliás, Rede Record, quando o povo aqui finalmente se encher de tanto que eu falo nisso, e encher vcs por conta do assunto, podem procurar o Fá, que ele está no Facebook, ok? De modos que, quanto mais leitores encherem o saco da produção do Melhor do Brasil pra isso acontecer logo, mais rápido eu paro de encher vcs com esse assunto, hahahahahahahahaa.

Não entendeu a história? Leia aqui - e depois colabore com a campanha, hahahahahahahhaha.

3 comments:

Fulana said...

hahahahahahahaaha como pode né? nem entrei nesse mérito do tempo, porque imagina o que é minha vida viajando 3 dias por semana, exposta ao café da manhã de hotel, a almoços nunca se sabe onde e a delivery ou shoppping à noite...

Inaie said...

na minha vida passada, o negócio era levar uma marmitinha para o trabalho.

Vivian said...

Como nutricionista posso te dizer: humanamente impossível? Sim.
Mas lembre-se: no tempo restante do seu dia, nas outras refeições, tem como seguir?

Gostei mto do seu blog (cliquei lá do Loucas por Esmalte). Já tá nos meus favoritos *.*
Beijos