06 March 2005

Eu, Grasiele, tatuada...

FUI FAZER MINHA TATTOO HJ! Aliás, aguardem: a lição três de como ser cafa foi reeditada e, em breve, estará no ar novamente.
Esta semana, fui fazer minha tattoo. Pra começar, o drama teve início quando defini (há uns três, quatro anos atrás), qual seria. Um ideograma. Chinês (na época, não sabia que era chinês). Significando "beijo".
Estaria tudo bem, se esse maldito desenho não fosse difícilimo de encontrar aqui em Curitiba!!! Depois de um ano de procura, encontrei, num ateliê perto da Praça Tiradentes, não muito confiável. De qqer forma, arrisquei fazer uma de henna. O pior era esperar pela reação dos meus pais - afinal, ainda fico pensando no que eles vão pensar se eu fizer algumas coisas.
Depois de dois anos, fiz, novamente, a tatto de henna. O mesmo desenho.
Foi pensando nessa história sobre fazer-definitiva-ou-não que fui ver na net um site sobre tattoos... Olha só os cuidados q encontrei lá:

1. Antes da tatuagem:
Escolha um tatuador de confiança, preocupado com a higiene e com a qualidade do trabalho.
Faça uma visita ao estúdio e conferira as condições de higiene
. Analise os trabalhos realizados pelo tatuador escolhido.
Escolha um tatuador que domine o estilo de tatuagem que você pretende fazer. Conversar com o tatuador é muito importante, não guarde dúvidas e peça sugestões.
No caso de cicatrizes e manchas consulte seu dermatologista antes de se tatuar.
Cuidado com Tatuagens que simbolizam bandas, times, nome de namorado(a), crença etc... (pois existe o risco de você se arrepender).
Separe um bom tempo para pesquisar o seu desenho, caso você já não tenha definido, internet e revistas especializadas são boas fontes de pesquisas.
Não escolha um tatuador pelo preço de suas tatuagens.
2.Durante a tatuagem:
Mantenha-se calmo(a), o nervosismo pode causar desmaios.
Evite se mexer, movimentos bruscos atrapalham o trabalho do tatuador. Caso tenha necessidade de se movimentar, espirrar, se coçar avise o tatuador antes.
Drogas em hipótese alguma, além de não aliviar a dor, pode vir a prejudicar o trabalho do tatuador.
Evite excesso de companhia, o tatuador precisa de um ambiente tranqüilo, o ideal é a presença de um acompanhante no máximo.
Seja paciente, quanto maior e mais elaborada a tatuagem mais tempo será exigido. 3. Durante a cicatrização:
Lave a tatuagem com água e sabonete neutro ou anti-séptico.
Com as mãos e a tatuagem devidamente limpas, utilizar a pomada cicatrizante indicada por seu tatuador, evitando excessos.
Evite sol diretamente sobre a área tatuada.
Não se banhe em mar ou piscina, nada que deixe a tatuagem imersa, pois isto faz com que as cascas se soltem antes do processo de cicatrização ter terminado, podendo causar falhas na tatuagem.
Não freqüente sauna.
Nunca coçar ou arrancar as cascas (caso se forme).
Não esfregue a toalha ao banhar-se.
Use roupas leves, evitando atritos com a tatuagem, pois as fibras da roupa podem grudar na casquinha que se forma.
Qualquer eventual retoque só pode ser feito depois de encerrado o período de cicatrização, em caso de dúvidas, entre em contato com seu tatuador.
Não aceite conselhos de pessoas leigas no assunto.
4. Após a cicatrização:
Use bloqueador solar sempre que expor a tatuagem ao sol.
Use sempre um hidratante para a pele no local da tatuagem.
Tome cuidado com arranhões e cortes no local da tatuagem.

Como podem ver, é um tratado sb tattoos... Mas quero deixar registrado aqui o durante: ainda não fiz a tattoo, vamos ver se esta semana finalmente consigo realizar esse sonho!
Era isso...
Bacios, Gazzy.

7 comments:

Karinassa said...

Depois deixa a foto aqui! :)

Karinassa said...

Grazi, deixei um comentário sobre o seu post intitulado "Regionalismos". Espero que não fique braba. Se ficar, pode apagar.

Karinassa said...

E dae, Dona Grasi???? Como foi a experiência????

Karinassa said...

Grasi, eu já havia lincado o seu blogue, mas o código estava errado. Por isso não aparecia.
Agora está tudo certo.

João Artureno said...
This comment has been removed by a blog administrator.
João Artureno said...

Esse negócio de tatuagem é muito perigoso. Não na questão da saúde, mas no moral da pessoa. Hoje você curte, daqui uns anos, pode vir a odiar. É assim mesmo, tudo nos influencia, e nosso gosto é moldado de acordo com nossas experiências. Deve-se atentar ao fato de que a tatuagem é algo permanente, que não sai com sabão, álcool, éter, ou qualquer outra porcaria. Fico imaginando daqui uns quarenta anos, quando os "manos" e as "minas" de hoje forem velhotes de cucuruca branca, ostentando suas incríveis tatuagens, que na época em questão estarão meio desfiguradas em face das rugas. Meio ridículo, não?

http://avidamoderna.blogspot.com

Grasiele said...

Grande Artureno, prazer em tê-lo aqui!!! Concordo com vc que tattoo não é uma coisa que se deva fazer de modo irresponsável... por isso, demorei tanto para fazer a minha!!! E essa garotada que faz porque "ama", porque está na moda, certamente irá se arrepender não quando estiverem de cabelinhos brancos, mas quando perceberem que tatuagem não é bem assim...