06 August 2012

Das Coisas que me Irritam - UPDATE

Então que, né, nessa vida tem MUITAS coisas que me irritam, e eu volta e meia falo delas aqui. Sério. Mas como, neste exato momento, eu estou sob a influência de uma delas, achei melhor colocar "no papel", pra ver se eu sou a louca, ou se é o tipo de coisa que irritaria qualquer um.


1 - Eu odeio ouvir música que não gosto - tipo pornoRio, Paula Fernandes, Gustavo Lima, afins. Não ligo se vc gostar de ouvir Calypso lamentarei, obviamente, mas ser OBRIGADA  a ouvir essas coisas é irritante. Pior ainda se for no ônibus OU no trabalho, que são 2 lugares onde não tem pra onde fugir (em lojas, ainda tem, eu saio mesmo se estiver tocando O maldito Tche Tche Rere/Tche Tche Rere/Tche Tche Rere/Tche Tche Rere/Tche Tche Tche Tche/Gusttavo Lima e você). Quer ouvir "música" ruim? USE FONES DE OUVIDO.

2- Eu ODEIO quando compro alguma coisa boa de comer, e alguém pega SEM ME AVISAR. Eu já falei antes, e vou falar quantas vezes for preciso, não ligo se vc quiser comer um iogurte que eu comprei (ou brigadeiro. Ou Vininha. Ou lanchitos). Mas me avise, tanto faz se é antes ou depois de comer - desde que seja ANTES que eu me dirija até a geladeira pra comer e... olha só, um FDP pegou e não falou nada, aí vem com aquela cara de "ih, era teu? Eu comi".

3 - Eu ODEIO quando mexem nas minhas coisas (e pensam que não vou notar). Detesto quando chego num lugar, olho pra mesa/cama/guarda-roupa/gaveta e pergunto "quem mexeu no meu queijo aqui?" e a resposta é um "ué, ninguém...", em tom cândido e TOTALMENTE CULPADO. Eu SEI quando mexem nas minhas coisas - por isso, tenho o maior cuidado ao procurar algo nas coisas de outra pessoa.

4 - Eu detesto gente que tenta me passar a perna, seja da forma que for. Pode até conseguir se dar bem, mas meuamô... o retorno será doloroso. Grande. Digno de passar no Jornal Nacional. E não vai nem saber de onde veio.

5 - Eu odeio ver o Fá abraçando mulher que eu não conheço. Simples assim. Se eu não conheço, não confio; se eu não confio, pode dar em cima dele; se pode dar em cima dele, está pedindo (no mínimo) um nariz quebrado. Posso até ficar boazinha DEPOIS que conhecer a menina/mulher/moça/senhora, mas até lá, será vista como potencial concorrência. E concorrência deve ser eliminada.

6 - Eu detesto quando uma criança fica pegando o Luque e apertando com força, gritando, agarrando a cabeça dele e falando "olhapramimcachorrinhofofo". Eu sei que ele não vai morder a criança, mas que eu queria MUITO que ele desse um latidão nessa hora, ah, queria.

7 - Detesto os politicamente corretos nazis. Salientando que não sou contra o "politicamente correto", sou contra levar isso a ferro e fogo e além que, a cada hora que vou falar com alguma pessoa desconhecida, fico pensando em como me dirigir a ela/ele; ou se posso contar determinada piada por conta do que vão achar. Daqui a pouco, vou assistir show de stand up escondida embaixo da cama, com uma lanterninha de bolso.

U.P.D.A.T.E.: Depois que li o comment da Naty, que notei que não ficou bem explicado o politicamente correto nazi. Isso pq tempos atrás, eu fui chamada de homofóbica e racista, pq eu fico olhando casais homos quando estão de carinho em público - olho com curiosidade, e aí conheci um gay super fofo que disse que não tem problema isso. E ele tb não liga que eu chamo ele de gay (sabiam que o correto é chamar de HOMOAFETIVO, e não de homossexual? Eu tb não), que fique olhando ele abraçado com namorado, pq segundo ele, "cara, tb olho casais heteros na rua que ficam se agarrando, e ninguém me acha heterofóbico por isso". E fui chamada de racista pq chamei um amigo (AMIGÃO, MESMO!) de "negão". Na verdade, vi o rapaz na rua e falei "ô, negão charmoso!" (sempre chamei ele assim) e uma mulher reclamou que eu estava sendo racista. E é com esse tipo de politicamente correto que me incomodo.

8 - Detesto ter que me vestir/maquiar/pintar as unhas pra atender a um suposto padrão de estética, que não me foi informado que seria cobrado ANTES de ir para algum lugar.

9 - ODEIO cacique querendo se fazer de índio, como se os índios não soubessem quem o cacique, na realidade, é.
U.P.D.A.T.E.: Depois que li o comment da Inaiê, tb notei que não expliquei direito a história do cacique que quer se fazer de índio. Vamos lá: detesto cacique que quer se fazer de índio, amigão da taba, e tá pouco se f#$%&do pros índios que são liderados - só se importa com a indiarada, na verdade, se trouxer lucro pro cacique e pra família dele, sem nem ao menos retribuir de alguma forma. Qualquer forma. Ou ainda, sendo cacique bem posicionado (e os índios têm consciência disso), querer posar de índio desfavorecido de tanga...

E vcs? O que deixam vcs irritados?

8 comments:

Inaie said...

eu gosto de cacique se fazendo de índio. Fico muito mais irritada com índio querendo se meter a cacique...kkkk

Lari e Dé said...

eu odeio tudo isso e muito mais!
E pior...quando alguém pergunta com o que eu me irrito eu tenho a cara de pau de responder: Não seeeeei, sou tão calma, não me irrito com nada! rsrsrs

Natália said...

Tbm odeio MUITO o 2. E passo MUITO por isso aqui em casa... muito.

Nunca vi Paulo abraçando nenhum mulher q eu não conhecesse mas, se visse, eu já chegaria na voadora. HAHAHAHA.

Eu não curto piadas racistas ou que tenham algum tipo de preconceito. Se isso for ser 'politicamente correta', sou sim. E não acho 'descolado' quem ri desse tipo de ''''''humor'''' (q eu não considero humor...). Mas, né, cada um com seus pobrema, hehe.

E eu gosto de pessoas humildes.. mas odeio falsa modéstia.

Cambaxirra said...

Tem tanta, mas tanta coisa que me irrita, que não daria para colocar aqui. Travaria todo o sistema do teu blog, hahaha. Mas concordo com várias das tuas opções!
;)

Sandra said...

Eu também odeio a nr. 1. Pô quer ouvir música "ruim" (cada um com seu gosto), ouve mas põe um fone de ouvido!! Tem gente desagradável que quer que todo mundo escute o que ela gosta. Acho chato isso.

A 8 também detesto. E aqui, o bom, é que as pessoas estão pouco se f***** pra isso. No Br isso é quase uma imposição social. Não que eu ache uma bobagem se arrumar e tal, mas desde que seja a SUA vontade e não para "ser ou parecer" socialmente aceito. Mas a sociedade, de uma forma ou de outra cobra isso... complicado...rs..

Geíza Bolognani said...

Os números 1, 5 e 7 também me irritam .
Desconfio muito de cacique se passando por índio, mas pior ainda é índio que se acha cacique.
Policamente correto nazi... aff, detestooooooooooooh!

Cristiano said...

eu odeio tb indio que se passa de cacique...

:/

Obadias de Deus said...

O que eu detesto? Sei lá! Nunca dei muita importância pra isso. Deve ser um monte de coisa. Mas gostei do post. Dei boas risadas.
(Um desconhecido surgido do nada)