09 June 2005

Tenho cara de palhaça???

Hoje o post é uma terapia express. Sim, pq acabei de assinar o meu certificado de palhaça do ano. Eu fico um tempããããão pra me livrar de um indivíduo. Faço de tudo pra esquecer, pra me desligar, pra tocar a vida pra frente - afinal, a fila anda, concorda? Então. Estou lá, toda bela e formosa (acho), vivendo a minha vidinha de sempre, fazendo novos amigos, tentando ter outras paixões, ou mesmo reatar antigas paixões, estudando, trabalhando, reclamando, escrevendo aqui de vez em quando, enfim, estou VIVENDO, quando do nada, de repente, sem mandar AR, toca o telefone. Meu telefone tocar é uma raridade. Assim, eu corro pra atender. O número não está na minha agenda, e por um impulso eu ligo de volta. E quem é do outro lado da linha??? Sim, o fantasma vindo diretamente do além, das chamas do inferno, aquele-que-não-deve-ser-nominado-R. O pior: sou tão fraca que não consigo nem dar um fora convincente.
Eu estava quietinha, pensando em como era bom não ter que atender telefonemas de madrugada... Em como era bom ter o coração leve - não estou dizendo livre... Em como era bom ser alguém que podia se dar ao luxo de não pensar em ninguém. Tinha até deletado a figura do meu Orkut e tava toda orgulhosa de mim mesma.
Aí, hj aparece o ser. Liga e me faz gastar em torno de R$ 20,00 em créditos. Tenho q comprar mais amanhã, por falar nisso. Tenta me convencer de que não está comprometido. Tenta me convencer de que sou importante pra ele, de que sou especial (sem falar diretamente, óbvio). Tenta me fazer parecer uma bruxa, e não acredita que eu não QUERO mais a pessoa - dele - na minha vida. E faz a pergunta fatal: "você quer que eu suma da tua vida?". Meu cérebro gritando alucinado SIIIIIIIIIIIIIIIIIM, e o meu coração, muito burramente, dizendo NÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOO. E o que eu falo??? Não, eu não quero que vc suma da minha vista. Vou ter que dar mais uma passadinha no inferno, sofrer as torturas que a alma me impõe, pra finalmente me redimir e poder me livrar totalmente da figura. Torçam por mim.
Droga, pq as coisas não são mais simples?

2 comments:

Kaka said...

Lamento ter que dizer, minha cara, mas as coisas nunca são simples.

Karinassa said...

E o que você respondeu, afinal?