09 April 2005

Eu gosto da PLAYBOY

Eu leio Playboy sempre que posso - e gosto. Aí, sempre tem um babaca que fica me olhando, passando a praticamente me comer com os olhos, fantasiando (provavelmente) que eu sou lésbica ou bissexual, e imagina então se... Patético.
Não sei o que todo mundo vê de tãããããããããããããããããããããããããão mal assim em uma mulher gostar de ver e ler a Playboy - aliás, em tempo: já vi a Sexy e não curti - sem que ela seja lésbica. Putz, a Playboy é um t*** de revista! Sem contar a doce ilusão de muitas mulheres, de que essa revista vai mostrar a alma masculina como ela verdadeiramente é (eu sei que é ilusão, mas adoro pensar isso).
A primeira seção que eu leio na Playboy é a de piadas. Nada melhor do que ler piadas, inclusive as que têm conteúdo erótico. Quebra o gelo inicial. Aí, sim, eu começo a ler, efetivamente, a revista...
Já passei da fase de não admirar as fotos femininas da revista. Em sua maioria, elas não são agressivas - ao contrário, conseguem ressaltar a feminilidade de diversas beldades que estampam as capas campeãs de vendagem. Aliás, riam se quiserem, a revista que eu mais esperei para ver a capa foi a da Luciana Vendramini - e vibrei quando, finalmente, meu irmão trouxe para casa essa revista.
O que falar das entrevistas? Me deliciei com várias: Kajuru (sou fã do "ómi"), Ronaldinho Gaúcho, Alex, Vampeta, Giulia Gam, Ed Motta, Supla, Eliana, Denzel Washington (acho que é assim que se escreve)... Vai dizer que essa revista não é muito mais democrática que as Novas (revista feminina) e Vejas (revista jornalística) da vida? Pára e pensa comigo: normalmente e, antes que venham reclamar comigo, eu estou falando NORMALMENTE, estou generalizando, as entrevistas da Veja/Isto É/Época, embora sejam relativamente boas, não pegam vários setores da sociedade... As perguntas da Playboy são as melhores. E as entrevistas(HAHAHAHAHAHAHAHA, "pausa para a sua merecida gargalhada") da Nova... bueno, melhor não falar.
Outra coisa legal é o Divã da Loira( ou Loura, não vou lembrar). Aliás, um pedido ao pessoal da Playboy, tragam de volta o antigo desenhista da Loira/Loura, que era beeeeeem melhor! Me dava muito mais vontade de ler as respostas... Mas é uma seção bacana, quase como perguntar para a amiga sacaninha coisas que jamais se admitiria para a namorada certinha...
Fazem falta as seções de mulher para homem e de homem para homem, mas deixe quieto.
De qualquer forma, se eu for na banca e puder escolher entre uma Playboy e uma Nova sem ser crucificada com os olhos por quem estiver lá... Com certeza, eu compro a Playboy!

1 comment:

Karinassa said...

Ótimo texto, Grasi!
Foram poucas as Playboys que caíram na minha mão... eu gosto, mesmo, é da VIP.
E, realmentr, a Nova Cosmopolitan é triste, bem como suas genéricas.